EXTENSÃO

Conheça os projetos de extensão do Instituto de Recursos Naturais da Universidade Federal de Itajubá

Projetos de Extensão do IRN

Projeto de Extensão Águas do Pessegueiro

Projeto Água do Pessegueiro

Ações para interromper a contaminação nos poços/cisternas de água de abastecimento dos moradores do Bairro Pessegueiro, Itajubá, MG.

Projetos de Extensão do IRN - 2021.2

logo do VIII Seminário de Recursos Naturais (SRN) da Universidade Federal de Itajubá

VIII Seminário de Recursos Naturais (SRN)

O Seminário de Recursos Naturais (SRN) foi criado no ano de 2014 com o intuito de unificar as semanas e seminários de palestras dos cursos do Instituto de Recursos Naturais (IRN).

Coordenação: ANA LUCIA FONSECA

Resumo:
A série de normas ISO 14000 traz deliberações acerca do desenvolvimento sustentável. Apesar de,
costumeiramente, ser aplicada no contexto empresarial, pode ser adequada à instalação no ambiente escolar
também, uma vez que as escolas possuem alto fluxo de pessoas, bem como alta necessidade de água e energia
elétrica, além de atender diversas famílias (carentes ou não) com suporte educacional, alimentício, social e
psicológico. Será proposto a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), com medidas
sugeridas pela norma: uso racional da água; conscientização dos colaboradores, alunos e sociedade acerca do
desenvolvimento sustentável; economia do uso de energia elétrica; redução, reutilização e reciclagem de
resíduos sólidos; tratamento adequado e disposição dos resíduos. O projeto consiste em, ao longo do semestre,
realizar a troca de lâmpadas e instalar redutores de pressão de água nas torneiras da escola a fim de propiciar
à escola economia financeira. Junto a essas alterações na infraestrutura da escola, espera-se trabalhar com os
alunos 1 tema por mês, através de atividades e interações propícias ao momento no qual vivemos e idade
escolar dos alunos, acerca dos temas relacionados ao meio ambiente, os quais são acoplados pela ISO 14000.
Palavras-Chave:
ISO 14000, Sistema de Gestão Ambiental, sustentabilidade, escola estadual, economia

Resumo:
A alimentação é uma questão central na busca de uma sociedade equilibrada e sustentável. Dentre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidades (ONU), 50% deles estão interligados à alimentação, sendo: 1) Erradicação da pobreza; 2) Fome zero e agricultura sustentável; 3) Saúde e Bem estar; 6) Água potável e saneamento; 9) Indústria, Inovação e Infraestrutura; 10) Redução das desigualdades; 12) Consumo e Produção Sustentáveis; 14) Vida na água; e 15) Vida terrestre. Durante a pandemia, a inflação dos preços de alimentos (sem previsão de retração) comprometeu ainda mais a vulnerabilidade de famílias de baixa renda. A parcela dos recebíveis utilizada por essas famílias para compra de alimentos, fez com que a cesta básica real se recolhesse, impactando diretamente na insegurança alimentar dessas famílias. A insegurança alimentar refere- se tanto à alimentação em quantidade inadequada quanto à qualidade do alimento consumido. Todo alimento é possível fazer algum tipo de uso de partes convencionais e não convencionais de sementes, cascas, entre outros, e incorporar nas receitas. A questão-chave é utilizar partes dos alimentos que normalmente são jogadas fora, isto é, olhar o alimento por completo, integralmente. Sendo assim, pretende-se difundir informações sobre o reaproveitamento de alimentos como complementação à alimentação de famílias em situação de vulnerabilidade social em escolas públicas.
Palavras-Chave:
Reaproveitamento de alimentos, Insegurança alimentar, Vulnerabilidade social.

Coordenação: DANIELA ROCHA TEIXEIRA RIONDET COSTA

Resumo:
Este projeto tem como objetivo principal promover a sensibilização ambiental do público das redes sociais, abordando medidas sustentáveis para se aderir no ambiente doméstico. Após a definição do tema e data das postagens, serão coletadas informações sobre o tema ao longo de todo projeto, e, também, elaborada uma imagem ilustrativa em cada semana para acompanhar o texto informativo, a fim de despertar a atenção do público. Na primeira semana será gravado um vídeo de apresentação do projeto e na última, além do vídeo de agradecimento, será postado um questionário, por meio de enquetes no Facebook e Instagram, abrangendo o tema de todas as postagens e, também, um vídeo sobre o assunto da última semana. Dessa forma, o projeto prevê êxito em seu propósito. Além disso, será possível verificar se o projeto agregou conhecimentos de diferentes áreas aos envolvidos e também, se o público se mostrou participativo, com interações sobre os temas das postagens.
Palavras-Chave: Web, At Home, Preservar, Desenvolvimento Sustentável